3
1

1ª Edição da 'Expo Feito em Angola' realiza-se em Dezembro

Mariano Quissola
1
2
Foto:
DR

Os custos com a organização da Expo estão avaliados em 70 milhões Kz, sendo que para cada metro quadrado os expositores de Luanda vão pagar a volta de 30 mil Kz.

Luanda acolhe entre os dias 3 e 7 de Dezembro deste ano, a primeira edição da 'Expo Feito em Angola', com vista a reunir num mesmo espaço, todos os produtores de bens e serviços produzidos no país. O anúncio foi feito na manhã desta  quinta-feira, 10, em Luanda, pelo secretário de Estado para Economia, Ivan dos Santos.

Na ocasião, o governante disse estarem garantidas as condições de fomento da produção nacional, para a regularidade da Expo. Com periodicidade anual, a Expo será organizada pela Eventos Arena, que explica estarem já inscritos os primeiros 60 expositores, com predominância para o sector da indústria extrativa e outros.  

Bruno Albernaz, PCA do Grupo Arena, disse que os custos com a organização da Expo estão avaliados em 70 milhões Kz, sendo que para cada metro quadrado os expositores de Luanda vão pagar a volta de 30 mil Kz, ao passo que os expositores das restantes províncias deverão pagar 24 mil Kz, o que representa um desconto de 20%, como incentivo de deslocação.

O director do INAPEM, João Nkosi, promotor da Expo, disse que a obtenção do selo 'Feito em Angola' obedece a vários critérios, com realce para o facto de o serviço ou bem ser produzido com 30% da matéria-prima local, sendo que o custo do selo está avaliado em 50 mil Kz.