3
1
PATROCINADO

África do Sul precisa de mais de 30 mil milhões USD para transição energética

Victória Maviluka
21/6/2024
1
2
Foto:
DR

África do Sul, que há anos atravessa uma profunda crise energética, é o 12.º maior emissor de gases com efeito de estufa do mundo.

A África do Sul necessita de investimentos estimados em mais de 30 mil milhões de dólares até 2030 para alcançar os objectivos de transição energética, afirmou o Banco de Desenvolvimento da África Austral (DBSA).

“O fraco desempenho do país na transição energética deve ser abordado com seriedade, pois constitui um obstáculo ao processo de descarbonização da indústria sul-africana”, referiu o CEO do banco, Boitumelo Mosako, durante recente mesa redonda em Joanesburgo, decorrida sob o tema ‘Mobilizar investimentos para energia limpa na África do Sul’.

Acrescentou, citado pela imprensa local, que o DBSA alocou 200 mil milhões USD para projectos relacionados com a energia verde, como parte do seu compromisso de alcançar a transição energética justa e alcançar o objectivo de atingir emissões líquidas zero até 2050.

Por sua vez, o director-geral interino do Ministério do Comércio, Indústria e Concorrência sul-africano, Malebo Mabitje-Thompson, enfatizou a importância de apoiar o sector industrial com vista a atingir as metas de redução de emissões de gases com efeito de estufa dentro dos prazos estabelecidos.

Alertou contra uma transição energética que não leva em consideração as necessidades das comunidades vulneráveis ​​em termos de crescimento, acesso à energia e criação de emprego.

A África do Sul, que há anos atravessa uma profunda crise energética, é o 12.º maior emissor de gases com efeito de estufa do mundo, com a energia eólica e solar a representar actualmente apenas cerca de 6% do seu abastecimento.