3
1

Alterações climáticas: União Europeia perde 145 mil milhões de euros

Redacção_E&M
1
2
Foto:
DR

A União Europeia (UE) registou nos últimos dez anos, em desastres naturais, perdas económicas avaliadas em mais de 145 mil milhões de euros.

Segundo Eurostat, serviço de estatística da UE, em 2020, as perdas económicas totais relacionadas ao clima foram de 12 mil milhões de euros, sendo que a maior perda total foi registada em 2017, cerca de 27,9 mil milhões euros, mais que o dobro de 2020. Já a perda total mais baixa foi observada em 2012, com 3,7 mil milhões de euros.

O serviço estatístico refere ainda que a Grécia registou as maiores perdas económicas relacionadas com o clima por habitante, avaliadas em 91 euros por habitante, seguida da França com 62 euros e Irlanda com 42 euros.

 Já as menores perdas por habitante foram observadas na Bulgária com 0,7 euros por habitante, Eslovénia e Eslováquia com 4 euros, igualmente.

O Eurostat indica, no entanto, que há uma tendência de aumento das perdas originadas por vagas de calor, inundações e tempestades, de perdas económicas, a um ritmo anual de quase 2% ao longo da última década, na UE.

O Eurostat é o serviço de estatística da União Europeia, tem como missão fornecer estatísticas e dados de alta qualidade sobre a Europa.