3
1

Angola. Cinco seguradoras concentraram 75% dos prémios emitidos

Cinco das 28 companhias de seguros que operam em Angola concentraram 75% dos prémios de seguros emitidos em 2018, com um valor estimado em 104.842 milhões de kwanzas, revela a ARSEG.

1
2
Redacção_E&M
Fotografia
:
DR
Redacção_E&M

O valor que em dólares equivale cerca de 214 milhões, foram concentradas pela ENSA Seguros, Saham Angola, Fidelidade Angola, Nossa Seguros e Global Seguros que obtiveram nos últimos cinco anos, no total, uma produção calculada em 451.782 milhões de kwanzas (925 milhões de dólares).

Segundo um estudo realizado pela Agência Reguladora de Supervisão de Seguros de Angola (ARSEG), denominado “O Sector Segurador e dos Fundos de Pensões em Angola – 2014/2018”, indica ainda que no último ano do intervalo as 10 principais seguradoras, incluindo a Bic Seguros, a Prudencial Seguros, a Tranquilidade Angola, a Bonws Seguros e Fortaleza Seguros, concentraram 92% da produção do mercado somando 139.726 milhões de kwanzas.

Segundo o portal de informação Macauhub, que cita o documento produzido pela agência angolana reguladora de seguros, o sector desembolsou no período em análise (2014/2018) 6.269 milhões de kwanzas para indemnizar titulares de seguros do ramo Vida e 255.648 milhões para os segurados do ramo Não-Vida.

O relatório que, neste período, o valor das indemnizações cresceu cerca de 65%, tendo apresentado um agravamento gradual, com excepção dos anos de 2015 e 2018, em que se registaram quebras ligeiras.

À semelhança da produção, salienta o portal citando o relatório, a maior parte das indemnizações recaiu, essencialmente no ramo Não-Vida, representando mais de 90% do total, de que se destacam os seguros de Acidentes, Doença e Viagens e Automóvel.

O documento apresenta uma análise da situação económica, financeira e patrimonial do sector, assim como o respectivo enquadramento na conjuntura nacional e internacional.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado