3
1

Angola regista 21 novos casos de Covid-19 em uma semana

Em apenas uma semana, Angola registou 21 novos casos positivos de Covid-19, o que resultou no aumento de mais 18 doentes, comparativamente ao período igual anterior, de acordo com Franco Mufinda.

1
2
Fotografia
:
DR

Segundo o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, que fazia o balanço dos dados correspondente à semana epidemiológica nº 20, a cifra tornou-se no ciclo semanal "mais caótico" até ao momento. Ou seja, na última semana do Estado de Emergência o país havia registado apenas três casos, todos de transmissão local, actualmente 55 infectados nestes moldes, dos 84 registados no geral.

As autoridades sanitárias decidiram alargar, para toda clínica Multiperfil, a cerca sanitária, ao contrário da imposta inicialmente,que abrangia apenas ao bloco que alberga a enfermaria em que estão internados a maioria dos casos desencadeados pelo conhecido “caso 50”, que envolveu um octogenário já falecido.

Só nesta unidade sanitária, pelo menos quatro casos já foram detectados, além de outros dois casos (angolanos de 43 e 82 anos de idade respectivamente), diagnosticados no sábado, já outros dois dispoletaram na referida clínica.

De acordo com Franco Mufinda, nas últimas 24 horas, a contar do sábado, 30, foram confirmados três novos casos da Covid-19, perfazendo 84 pessoas já infectadas em Angola, com quatro óbitos e 18 recuperados.

Constam do balanço estatístico, 62 casos activos, um dos quais requerendo atenção especial, padecente de outras doenças crónicas, sendo que os restantes pacientes estão clinicamente estáveis.

CISP

Relativamente ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), o secretário de Estado para a Saúde Pública disse ter recebido 39 chamadas, entre as quais uma denúncia e 38 pedidos de informação sobre a doença.

INIS

Em relação ao Instituto Nacional de Investigação em Saúde (INIS), o responsável informou que foram processados mais de dez mil amostras, sendo 84 positivas (55 de transmissão local) e nove mil e 504 negativas. As restantes estão em processamento.

Nas últimas 24 horas, a contar do sábado, 30, três pessoas receberam alta em Luanda, cinco na Huíla, três noCuando Cubango e uma no Zaire.

Informou estarem igualmente em investigação 455 casos suspeitos, 1.140 contactos sob vigilância, ao passo que 1.048 pessoas se encontram em quarentena institucional.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado