3
1

Angola registou mais dois casos positivos da Covid-19

Os números de casos positivos de Covid-19 continuam a subir. Nas últimas 24 horas, o quadro epidemiológico do país voltou a alterar negativamente com o registo de mais dois casos do novo coronavírus.

1
2
Fotografia
:
DR

A informação, como tem sido normal, foi avançada durante uma conferência de imprensa realizada ontem, quarta-feira, 27, emLuanda, pelo secretário de Estado para Saúde Pública.

Segundo o dirigente, trata-se de uma criança de dez anos, proveniente da cerca sanitária do Futungo, associado ao “Caso 26”. Já o segundo caso positivo registado nas últimas 24 horas tem haver com uma senhora de 37, desta feita da cerca sanitária do  Hoji-ya-Henda, relacionado com o “contacto 31”. Todos os são cidadãos nacionais.

Esclarecendo a ocorrência, Franco Mufinda disse que os dois casos reportados são de transmissão local, o que elevou para 73 casos positivos confirmados da doença, quatro óbitos, 18 recuperados e 51 pacientes activos clinicamente estáveis internados nas unidades de saúde. 

De acordo com o secretário de Estado, que proferia a actualização de dados do novo coronavírus, referiu que os 45 casos da doença são de transmissão local, tendo informado, por outro lado, que o Centro Integrado de Segurança Pública (CUSP) recebeu 48 chamadas, todas relacionadas com pedidos de informação da Covid-19.

Franco Mufinda explicou também que o caso de transmissão local resulta de uma infecção de uma pessoa que não esteve em nenhum país, com registo da doença, mas teve contacto com um caso importado, e em que a fonte de infecção seja conhecido. 

Em relação aos Instituto Nacional de Investigação de Saúde (INIS), no que respeita ao processamento de amostras, o dirigente disse que foram efectuadas 8.455 amostra, sendo 73 positivas, 7.626 negativas e 756 em processamento.

Com efeito, em relação a quarentena institucional, foram entregues títulos de altas, foram expeditas 50 títulos, das quais 41 em Luanda, duas no Bié, uma na Lunda-Norte, duas na Huíla e quatro em Cabinda. 

Por outro lado, informou, o secretário de Estado para a Saúde Pública, uma equipa da Comissão Multissectorial visitou, recentemente, as províncias do Moxico e Lunda-Norte, tendo destacado, por sua vez que o país recebeu mais 25 toneladas de material de biossegurança e hospitalar, de modo a aumentar a capacidade de resposta à pandemia. 

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado