3
1

BAI aplica cobrança de 500 kwanzas em levantamentos ao balcão

O Banco Africano de Investimento começou, a partir desta semana, a cobrar 500 kwanzas para levantamentos de até 50 mil, visando a cultura de utilização de ATM e nos Terminais de Pagamento Automático.

1
2
Cláudio Gomes
Fotografia
:
DR
Cláudio Gomes

A informação foram avançadas pelo presidente da Comissão Executiva do banco, Luís Lélis, em entrevista ao Jornal de Angola, em que referiu que o banco está a desincentivar os clientes de provocarem enchentes nas dependência.“Temos 20 mil terminais distribuídos em todo o país para apoiar os clientes nas operações financeiras de levantamento e transferência de remessas”, salientou.

O gestor disse que o BAI possui 150 balcões que recebem cem mil clientes por semana, sendo que a maior parte vai levantar pequenos montantes. “As nossas pesquisas confirmam que, efectivamente, um número relevante de clientes privilegia os levantamentos ao balcão pordes conhecimento e por alguma resistência à mudança”, explicou.

De acordo com Luís Lélis cerca de 95% dos levantamentos ao balcão, à semelhança do que acontece nos caixas automáticos da rede Multicaixa, é, em média, inferior a 20 mil kwanzas. 

O responsável assegura que a medida vai garantir menos constrangimentos aos clientes que preenchem filas nos balcões e vai propiciar mais segurança e evitar assaltos. “O BAI não é o primeiro banco da praça a praticar este tipo de preçário e a nossa comissão de levantamento é, certamente, a mais competitiva quando comparamos com outros bancos do nosso mercado”, afirmou. 

A carteira de clientes do banco cresceu em cerca de 250 mil nos últimos dois anos, verificando-se reclamações frequentes pelo  tempo de espera - em média cerca de 45 minutos - nas filas para o atendimento.

7