3
1

Banco Prestígio começa a devolver depósitos esta terça-feira (18)

Domingos Amaro
1
2
Foto:
DR

A Comissão Liquidatária avançou que estará disponível apenas a agência sede do banco para o efeito e deu nove dias úteis aos clientes, isto é, de 18 a 28 de Outubro para solicitarem as transferências.

Os clientes do Banco Prestígio poderão solicitar a transferência dos fundos depositados nas suas contas para outros bancos à sua escolha, a partir do dia 18 de Outubro do ano em curso, informou a Comissão Liquidatária da instituição em  comunicado divulgado no Jornal de Angola, a que a E&M teve acesso.

A Comissão Liquidatária avançou que estará apenas disponível a agência sede do banco em liquidação para o efeito e deu nove dias úteis aos clientes, isto é, de 18 a 28 de Outubro de 2022, através da entrega de um documento formal do cliente junto do balcão da agência sede, a solicitar a referida transferência dos saldos, com a indicação da conta de destino dos fundos.

Quanto aos termos dos contratos com os colaboradores, a E&M soube de um funcionário ligado ao Banco Prestígio de que não haverá indemnização, senão mesmo apenas o pagamento do salário do mês de Outubro.

“O processo está a ser tratado de forma normal, o banco foi encerrado. A princípio nos foi informado que não haverá indemnização, e houve um acordo com a Comissão Liquidatária o pagamento de salário referente ao mês de Outubro, depois disso cada um por si e Deus por todos. Infelizmente, é esta triste situação que vivemos”, desabafou a fonte que preferiu o anonimato.

Questionado sobre o número de colaboradores afectados com encerramento, a fonte disse que no total são 40 funcionários de todo o banco. “ Sim, porque alguns funcionários, depois de tomarem conhecimento que o BNA travou a saída dos fundos do Banco Económico para o Prestígio, começaram a colocar a carta de demissão ou desvinculação e aí o número foi reduzindo muito”, reforçou.

Recorde que o Banco Nacional de Angola (BNA) nomeou há duas semanas a comissão que está a tratar de toda a correspondência de liquidação do Banco Prestígio, em virtude da revogação da licença da referida instituição bancária, no passado dia 30 de Setembro.

Segundo um comunicado do banco central, a comissão é composta pelo vogal do Conselho de Auditoria do BNA, com a função de coordenador, Jerónimo João de Lara, Felinto de Sousa Bravo Soares e Alcides Herdeiro Paulino Gumba, ao abrigo do disposto no artigo 330.º, da Lei n.º 14/21, de 19 de Maio - Lei do Regime Geral das Instituições Financeiras.