1

Bancos concedem empréstimo para construção da barragem de Caculo Cabaça

Banco alemã Commerzbank e italiano UniCredit vão conceder um empréstimo de 372.799 milhões de kwanzas para financiar a construção da barragem de Caculo Cabaça.

1
2
Cláudio Gomes
Fotografia
:
DR
Cláudio Gomes

De acordo com a Lusa, que cita um Despacho Presidencial do Governo de Angola, que aprova a contracção do empréstimo, informa haver “necessidade de garantir financiamento para o fornecimento e instalação dos equipamentos electro-mecânicos para o Aproveitamento Hidroeléctrico de Caculo Cabaça, inserido no Programa de Investimentos Públicos” adoptado pelo Governo.

Localizado na província do Cuanza-Norte, o aproveitamento hidroeléctrico, será, dentro de cinco anos, a maior barragem em Angola, gerando 2.172 megawatts de energia eléctrica.

A barragem terá 103 metros de altura máxima, vai armazenar 440 milhões de metros cúbicos de água e integrará uma central com quatro grupos geradores e um circuito hidráulico previstos para um caudal de 1.100 metros cúbicos de água por segundo.

O presidente da Comissão Executiva do Standard Bank Angola, Luís Teles disse, em Outubro deste ano, que o grupo Standard Banke o Banco Industrial e Comercial da China (ICBC, na sigla em inglês) estavam disponíveis para financiar a construção do empreendimento de Caculo Cabaça.

À margem de um fórum sobre o relacionamento Angola-China, que analisou a actual conjuntura económica face à nova política cambial do BNA, Luís Teles disse que, nos últimos oito anos, o Standard Bank e o ICBC têm financiado projectos em Angola e que há um grande interesse em apoiar investimentos em infra-estruturas e energia.

7