3
1

BCI espera melhorar desempenho financeiro com apoio do IFC

Cláudio Gomes
1
2
Foto:
DR

A pretensão está patente numa nota que anuncia a assinatura de um acordo de assistência técnica com o International Finance Corporation (IFC), visando melhorar a robustez comercial.

A informação foi avançada recentemente através de uma nota distribuída à imprensa, dando conta do início da parceria entre o Banco de Comércio e Indústria (BCI) e o IFC, membro do Grupo Banco Mundial, que durará 12 meses efectivos. A parceria enquadra-se no âmbito do processo de restruturação em curso em curso no banco e visa melhorar o desempenho financeiro e a robustez comercial, lê-se.

Segundo o Presidente da Comissão Executiva (PCE) do BCI, a instituição encontra-se num momento de reflexão, o que “faz todo sentido” ter uma parceria com o IFC. “É sua pretensão transformar-se no Banco de referência no sector do agronegócio, um dos segmentos mais importantes e necessários na estratégia de diversificação da economia angolana”, referiu, Renato Borges, citado na nota consultada hoje pela Economia & Mercado.

Pode-se aferir no documento que o apoio técnico do IFC passará pelo exercício de um diagnóstico ao BCI, bem como no desenvolvimento da estratégia para os próximos anos com particular destaque para os segmentos das micro, pequenas e médias empresas e do agronegócio, onde pretende apoiar a agricultura familiar.

Segundo o representante e chefe da Missão do IFC para Angola, a instituição está preparada para dar o apoio técnico e auxiliar os esforços do BCI para se tornar mais eficaz na promoção do acesso a oportunidades de financiamento as pequenas empresas do País, inclusive no sector agrícola. “A parceria de assessoria do IFC com o BCI reafirma o nosso forte compromisso de promover a inclusão financeira e impulsionar o crescimento econômico sustentável em Angola”, frisou Carlos Katsuya.

De acordo com a nota do BCI, a administração viu uma grande oportunidade no acordo, tendo em conta a experiência e reputação da instituição internacional (IFC), sobretudo no que a assessoria às instituições financeiras de países com economias emergentes. “O Banco de Comércio e Indústria vê nesta parceria muito mais do que uma oportunidade para melhorar o ambiente de negócios que consigo traz um grande diferencial na componente da agricultura familiar, pois as acções de responsabilidade social fazem parte dos seus princípios e valores”, lê-se.

O IFC é a maior instituição financeira de promoção ao desenvolvimento voltada para o sector privado nos países em desenvolvimento a nível global.