3
1

Bic Seguros cresceu 23,6% em 2020

Mesmo num cenário de crise, a Bic Seguros apresenta “uma excelente situação financeira, que evolui positivamente todos os anos”, de acordo com dados avançados pela direcção da companhia a E&M.

1
2
José Zangui
Fotografia
:
DR
José Zangui

A solvabilidade da empresa é tida como “muito confortável” e a política de reinvestimento de resultados é o caminho que a seguradora pretende seguir, além da confiança que incute em todos os “stakeholders”.

A Bic Seguros obteve, em 2020, resultados favoráveis. Olhando para o relatório e contas a companhia cresceu 23,6%, relativamente ao ano anterior, 2019  e arrecadou 10,2 mil milhões kwanzas em prémios.

O resultado líquido do exercício, conforme o documento disponível, ficou em 1,1 mil milhões kwanzas.

Em relação ao volume de prémios brutos emitidos pela Bic Seguros, no exercício económico 2020, situou-se em 10,2 mil milhões, representando um crescimento global de produção de 23,59% face ao período anterior.

Deste valor, 536 milhões kwanzas foram arrecadados pelo ramo Vida e 9,7 mil milhões pelo ramo não Vida, respectivamente.

Consta que nos ramos não Vida, a taxa de crescimento alcançou a taxa de 23,89%, sendo que no ramo Vida o crescimento dos prémios atingiu 18,10% face ao período homólogo.

Em jeito de comparação, refira-se que a companhia, em 2019, arrecadou 454 milhões kwanzas no primeiro ramo, enquanto no segundo ramo (não Vida) obteve 7,8 mil milhões kwanzas, numa produção global de 8,325 mil milhões kwanzas.

Em termos de peso, o ramo Saúde teve 40,86% da produção imitada em 2020, seguido da Petroquímica com 19,51% e Automóvel com 13,17% da carteira. Vem a seguir, respectivamente, o ramo Acidentes de Trabalho e multirrisco empresa com 10,85% e 6,11%. O ramo Transportes aparece com 2,10% do peso de toda produção da seguradora.

Em 2020, os custos com sinistros brutos atingiram a fasquia de 5,8 mil milhões de kwanzas. Por outro lado, os montantes líquidos de resseguro no ano anterior, ou seja em 2019, ficaram em4,1 mil milhões kwanzas.

“O BIC Seguros apresenta Margens de Solvência extremamente confortáveis e muito acima do limite regulamentar. Acima de tudo, congratulamo-nos pelo excelente trabalho que a ARSEG tem vindo a fazer, o que reforça a imagem de credibilidade de todo o sector”, respondeu a administração a um questionário da E&M.

O auditor independente expressou que as demonstrações do relatório apresentam, deforma verdadeira e apropriada, a posição financeira do Bic Seguros e que o resultado das suas operações estão em conformidade com os princípios contabilísticos geralmente aceites em Angola.

A Bic Seguros ocupa a 6ª posição, no ranking, das companhias que operam em Angola e funciona dentro das agências do Banco BIC, tendo em conta a estratégia adoptada de bancassurance. Tem como desafios, manter os serviços existentes, estar sempre disponível para os clientes e continuar a prestar serviços de qualidade elevada aos segurados.

Leia o texto completo na edição de Agosto, versão digital.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado