3
1

Bons ventos para o agro-negócio em Angola

O agrónomo Carlos Figueiredo considerou que em Angola há um enorme potencial de crescimento do agro-negócio, sendo que existe um mercado que pode ser “crescentemente ocupado com produtos nacionais”.

1
2

Entretanto, defendeu, há necessidade de investir-se no conhecimento, nomeadamente em estatísticas, aconselhamento, agro-meteorologia e análise de solos, entre outros factores, como base para decisões operacionais no campo.

Ademais, Carlos Figueiredo, que falava num fórum sobre agro-negócio na Academia BAI, defendeu também que os empresários devem envolver-se mais, através de associativismo, lobby e advocacia, nos processos de tomada de decisões políticas, de formação e de pesquisa. “Há oportunidades de negócio no reforço da integração entre as actividades [agrícolas] camponesa e empresarial”, afirmou.

Leia mais na edição de Maio de 2019

Economia & Mercado – Quem lê, sabe mais!

7