3
1

Carmon quer solidificar-se como um parceiro no desenvolvimento de Angola

Redacção_E&M
18/1/2023
1
2
Foto:
Cedida pela fonte

A Carmon aposta no desenvolvimento da política de responsabilidade social, estratégico na sua actividade, tendo já em curso, entre outros, projectos de formação e capacitação de jovens angolanos.

A gestora do grupo Carmon, Mayra Costa, afirmou que a empresa que dirige pretende solidificar-se como um parceiro no desenvolvimento de Angola e dos angolanos, fruto do compromisso que tem com o país. Numa nota enviada à E&M, a responsável reconhece que há um desafio pela frente, mas adianta que conta com a competência e dedicação da equipa.

“Orgulhamo-nos do que construímos no passado, contudo, os tempos exigem uma nova atitude por parte das empresas responsáveis. O profissionalismo, rigor, transparência, sustentabilidade e a responsabilidade social, passam a estar presentes em toda a actividade da Carmon”, disse.

Segundo Mayra Costa, a empresa está num processo de reestruturação, com o recrutamento de novos quadros e a criação de uma nova dinâmica de trabalho.

Mayra Costa rematou ainda que as grandes empresas afirmam-se não só pela habilidade de garantir proveitos a partir das oportunidades do mercado, mas, acima de tudo, acreditando num futuro melhor para todos e partilhando os ganhos com a comunidade. “E este é um dos compromissos da nossa empresa”, acrescentou.

A Carmon é uma empresa 100% angolana, concebida para actuar no sector de Construção Civil e Obras Públicas. Com 15 anos de actividade, projecta-se no futuro como uma empresa ainda mais alinhada com a sustentabilidade, a responsabilidade social e a capacitação, e reforça aposta no talento angolano, de acordo com a nota que vimos citando.