3
1

Clientes devem à Ende 14,1 mil milhões de kwanzas

Os clientes da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade, no Distrito Urbano do Kilamba Kiaxi, em Luanda, acumulam, desde 31 de Janeiro de 2021, uma dívida de 14,1 mil milhões de kwanzas.

1
2
Cláudio Gomes
Fotografia
:
DR
Cláudio Gomes

A informação consta de uma nota da empresa, citado ontem, segunda-feira, 8 de Fevereiro, pelo Jornal de Angola, que dá conta que o Centro de Distribuição do Kilamba Kiaxi, localizado em Luanda, gere a maior zona geográfica no que ao fornecimento de energia eléctrica diz respeito.

Tratam-se das regiões geográficas de Cabolombo, Kilamba, Ramiros, Barra do Kwanza e Mussulo (município de Belas), Benfica, Nova Vida e Camama, Campus Universitário, (Talatona), Golfe e Kilamba Kiaxi.

De acordo com uma nota, o centro reúne um total de 267.804 clientes, subdivididos em 160.789 domésticos, 5.357 comércio e serviço e 160.658 clientes do sistema pré-pago e até Janeiro tinha registado uma dívida total de 14 mil milhões 141 milhões 254 mil 281 kwanzas e 8 cêntimos.

Segundo o diário nacional, dos distritos com dívidas, o Lar do Patriota é o que possui a dívida mais elevada nos últimos anos, que avaliada em 256.648.000 kwanzas, contraída pelos clientes do sistema pós-pago.  

O documento informa que o passivo foi contraído por fuga ao pagamento durante vários anos por um universo de 1.657 clientes residentes naquela circunscrição.

Para contrapor a situação vigente, a ENDE leva a cabo uma campanha de cobrança no período  de 6 a 28 de Fevereiro de 2021, na urbanização Lar do Patriota, com o objectivo de recuperar a dívida mal parada, empreitada que se vai estender a todos os municípios e distritos controlados pelo centro de distribuição do Kilamba Kiaxi.

A iniciativa enquadra-se no âmbito da campanha de cobrança massiva, aberta em Janeiro em todo o país. Assim, os técnicos vão sair à rua para efectuar cobranças e cortes selectivos aos clientes devedores, distribuição de cartazes, folhetos informativos, estabelecer negociação de dívidas e visitas de inspecção às instalações do sistema pré-pago com mais de 90 dias sem compra de energia.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado