3
1

Concurso público. Saúde disponibiliza 19 mil vagas para 2019

O Ministério da Saúde disponibilizou 19 mil vagas para o próximo concurso público do sector, previsto para este ano, anunciou esta semana, em Luanda, o secretário de Estado para a Área Hospitalar.

1
2
Redacção
Fotografia
:
DR
Redacção

Leonardo Inocêncio salientou, segundo o Jornal de Angola, durante o acto que marcou a recepção de duas viaturas e 11 mil dozes de medicamentos destinados ao tratamento da tuberculose, doados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que as referidas vagas vão preencher algumas lacunas nas áreas da saúde dos quais destacam médicos, enfermeiros, técnicos de diagnóstico e laboratório, catalogadores, farmacêuticos, psicólogos clínicos.

O governante referiu que o anúncio da data para o início do concurso público para 2019 visando preencher as 19 mil vagas existentes, será feita, apenas, após a conclusão da fase da assinaturas dos contractos do concurso anterior.

No que diz respeito aos cinco mil candidatos apurados no concurso público anterior, o secretário de Estado da Saúde, disse que os visados devem, a partir de segunda-feira, consultaras as listas que serão afixadas nas direcções províncias da saúde. 

Na ocasião, a Organização Mundial da Saúde (OMS), doou duas viaturas de marca Land Cruiser, destinadas a apoiar as campanhas de vacinação nos municípios de Belas e de Cacuaco. Foi também entregue 11 mil dozes de medicamentos, para o tratamento de cerca de 60 mil doentes com tuberculose.

O secretário de Estado da Saúde disse, em reação ao acto da OMS, que tanto as viaturas, como os medicamentos disponibilizados, vão contribuir para a melhoria das taxas de cobertura de vacinação na província de Luanda, com particular incidência para os municípios de Belas e de Cacuaco, sendo que vai, igualmente, ajudar cerca de 11 mil pacientes com tuberculose.

Leonardo Inocêncio frisou que a tuberculose tem vindo a ganhar proporções altas, a nível do país, e apontou como exemplo o ano de 2018 em que registou-se uma taxa aproximada de 350 a mil novos casos e 20 mil mortes.

7