3
1

Desafios digitais na gestão do conhecimento

Numa altura em que a competitividade é cada vez mais globalizada e a mudança segue a uma velocidade feroz, a gestão do conhecimento é regra de ouro para as empresas ganharem vantagem competitiva.

1
2

As tecnologias e a inovação estão na ordem do dia, mas na maioria das Organizações as pessoas continuam a ser o grande factor diferenciador e por isso o investimento no desenvolvimento de conhecimento é a peça-chave para fazer crescer os talentos. A valorização das pessoas é essencial para a competitividade organizacional em mercados maduros, robustos e exigentes. É fundamental implementar estratégias, definir culturas e colocar em prática ferramentas que estimulem e promovam o desenvolvimento intelectual, ao mesmo tempo que concedem a capacidade de entrega alinhada com a estratégia, os objectivos e a visão das Organizações.

O contexto económico, a concorrência e os clientes exigem às Organizações, por um lado, elevados níveis de eficácia com redução de custos e, por outro, agilidade, rapidez de resposta e de conhecimento, inovação e níveis elevados de qualidade. Para responder com sucesso a estes desafios é necessário ser diferenciador perante um mercado competitivo. Inovar nas soluções e procurar alternativas económicas e eficazmente potenciadoras com efeitos nas pessoas e nos resultados. É nesta envolvente que as Organizações se deparam com a necessidade de estimular as suas equipas para o uso pleno do seu conhecimento como factor diferenciador e estratégico, aumentando assim a capacidade de produção de informação útil. Cabe às Organizações conceder ferramentas e oportunidades para que tal seja possível, revendo as suas estratégias de formação e desenvolvimento.

As empresas e os seus clientes procuram valor acrescentado, qualidade, inovação, fexibilidade e agilidade a uma velocidade cada vez maior. É assim que as ferramentas digitais de gestão de conhecimento ganham espaço e dimensão, pela sua rapidez, abrangência e adaptabilidade, potenciando a capacidade de resposta aos desafios do mercado. O digital learning veio oferecer às Organizações maior eficiência na partilha e aquisição de conhecimento, em menos tempo e com custos mais baixos, aliado a uma componente tecnológica e vanguardista que concede um posicionamento diferenciado, associado às tendências de inovação e de capitalização de conhecimento.

Leia mais na edição de Outubro de 2019

Economia & Mercado – Quem lê, sabe mais!

7