3
1
PATROCINADO

Desvalorização do Kwanza impulsiona aumento do Crédito líquido a clientes em 40,1%

André Samuel
21/6/2024
1
2
Foto:
DR

O rácio de cobertura das perdas por imparidade reduziu de 22% para 19%. Quanto aos depósitos de clientes, se observa um aumento de 31% face a 2022.

O crédito líquido concedido a clientes cresceu cerca de 40% para 4,9 biliões de kwanzas, impulsionado pelo aumento real de crédito concedido e do efeito da desvalorização do Kwanza, face ao Euro e Dólar norte-americano observado em 2023. 

A informação consta do mais recente estudo sobre a banca angolana, "Banca em Analise", divulgado pela consultora Delloite. 

Segundo o estudo, a desvalorização do Kwanza também teve impacto na estrutura de crédito por moeda, na qual foi verificada um aumento de 6% no valor do crédito concedido em moeda estrangeira. Relativamente à qualidade do crédito, o rácio de cobertura das perdas por imparidade reduziu de 22% para 19%.

Quanto aos depósitos de clientes, se observa um aumento de 31% face a 2022. O volume de depósitos captados esteve na ordem dos 17,6 biliões de kwanzas, sendo o mesmo inferior ao aumento da massa monetária, que registou uma variação de 37,8% no período em análise, o que se traduz no aumento de numerário em poder do público, instituições e empresas que não foi capturado pelo sector bancário.