3
1
PATROCINADO

Executivo reafirma preferência por nacionais na dispersão de 30% das acções da SONANGOL

Victória Maviluka
13/6/2024
1
2
Foto:
DR

Processo vai contemplar acções preferenciais para os trabalhadores da SONANGOL, acções para angolanos singulares e para empresas nacionais.

O Executivo angolano reafirmou que o processo de reestruturação da petrolífera SONANGOL contempla a dispersão de 30% das suas acções preferencialmente a cidadãos nacionais.

Diamantino Azevedo, ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, referiu, numa recente audição parlamentar, que o plano traçado pela governação em relação à abertura das acções da SONANGOL a particulares é que o processo observe várias etapas, começando pela BODIVA, antes de se olhar para o mercado bolsista externo.

Recordou que o que está determinado é que esta dispersão irá contemplar acções preferenciais para os trabalhadores da SONANGOL, acções para angolanos singulares e para empresas nacionais, a que se seguirá o âmbito externo.

“Mas isso é um processo. E isso implica a reestruturação da SONANGOL para o efeito, que é um processo que está em curso. Temos aspectos endógenos que são da responsabilidade da SONANGOL e do Ministério de tutela, mas temos outros aspectos que ultrapassam a própria gestão da empresa”, observou Diamantino Azevedo.