3
1

Felicidade, Semente, Pedra e Ambiente de Trabalho

Cláudio Luvi
1
2
Foto:
DR

Pensando no ambiente de trabalho, algumas acções, comportamentos e atitudes "em comum" podem gerar e despertar o sentimento de felicidade entre as pessoas “sem nenhuma distinção”.

O que a felicidade tem a ver com semente, a pedra e o ambiente de trabalho?

Primeiro, o que é felicidade? Acredito que felicidade é algo que vem de encontro com as emoções e sentimentos de êxtase, de alegria e é algo que nasce de dentro para fora.

Existem duas dimensões para felicidade, uma interna e outra externa. A “felicidade interna” está relacionada ao amor próprio, autoestima e compaixão e a “felicidade externa” depende de acontecimentos e factos externos que vêm de encontro com o que gostamos e acreditamos gerando emoções e sentimentos de êxtase, de alegria. E, vale lembrar, o que me gera felicidade não necessariamente irá proporcionar felicidade para outra pessoa.

E o que a semente e a pedra têm a ver com a felicidade. No primeiro momento nada, mas podemos usar como analogia para explicar parte da definição em que acredito “... o que me gera felicidade não necessariamente irá proporcionar felicidade para outra pessoa”.

Quando enterramos uma "semente" de arvore frutífera, por exemplo, a terra junto com outros componentes vai auxiliar no crescimento da arvore até o nascimento dos frutos. A semente como factor externo despertou felicidade interna na terra. Ao contrário, se enterrar uma "pedra", nada acontecerá, pois, a pedra não vai gerar felicidade para a terra, mas essa mesma pedra pode ser utilizada para iniciar a construção de um lindo castelo, gerando felicidade para o seu construtor e idealizador ao final da obra.

Pessoas felizes no ambiente de trabalho é sinónimo de bem-estar, criatividade, aumento de produtividade, maior participação, envolvimento e contribuição

E pensando no ambiente de trabalho, algumas acções, comportamentos e atitudes "em comum" podem gerar e despertar o sentimento de felicidade entre as pessoas “sem nenhuma distinção”. Lembrando que existem duas dimensões para felicidade, interna e a externa, que dependem de factores externos que promovam estado de êxtase e alegria. E isso no ambiente de trabalho só acontece quando as pessoas estão engajadas em promover um ambiente harmonioso e que gere felicidade, principalmente no papel de líder que deve gerar e promover uma atmosfera onde a equipa, por exemplo, se sinta valorizada, respeitada, onde todos possam participar, se envolver, onde não há diferenças, mas sim igualdade, respeito, empatia, escuta activa, cooperação, compaixão, sentimento de pertencimento entre as pessoas.

E você tem investido em um ambiente de trabalho mais harmonioso que promova a felicidade entre as pessoas? Pessoas felizes no ambiente de trabalho é sinónimo de bem-estar, criatividade, aumento de produtividade, maior participação, envolvimento e contribuição, redução de estresse, redução de rotatividade, redução de faltas e atrasos, entre outros benefícios, promovendo crescimento e aumento dos resultados organizacionais.