3
1

Gigante chinês compra sete empresas brasileiras

O grupo estatal chinês State Grid, que opera no sector da energia, acordou no início desta semana, com empresas espanholas, a compra total ou parcial de sete empresas brasileiras.

1
2
Redacção_E&M
Fotografia
:
DR
Redacção_E&M

O investimento, de acordo com a imprensa brasileira, citada pelo portal de notícias Macauhub, está avaliado em cerca de 1,726 mil milhões de dólares (3,097 mil milhões de reais).

O negócio, que ainda precisa de ser aprovado pela Agência Nacional de Energia Eléctrica do Brasil, prevê a transferência da totalidade do capital das empresas transmissoras de energia Ribeirão Preto, Serra Paracatu, Poços de Caldas, Itumbiara e Serra da Mesa e de 75% do capital da Expansión Transmissão de Energia Elétrica (que opera no Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais) e da Expansión Transmissão Itumbiara Marimbondo.

O valor de 3,097 mil milhões de reais inclui a assunção da dívida de 1,305 mil milhões de reais e representa o maior montante até à data investido por uma empresa chinesa no Brasil, sendo que anteriormente o maior investimento chinês no Brasil ter sido no sector de mineração, com a compra da Itaminas por 1,2 mil milhões de dólares, em Março de 2019.

O empresário brasileiro Eike Batista assinou um acordo de 4,7 mil milhões de dólares com a estatal Wisco (WuhanIron and Steel Corporation) para construção de uma siderurgia no porto de Açu (Rio de Janeiro), mas o negócio ainda não foi concretizado.

A State Grid cobre 88% do território da China e é a maior empresa de transmissão e distribuição de energia da China e do mundo, tendo facturado 164 mil milhões de dólares em 2008.

7