3
1

Indústria de petróleo e gás com baixo nível de maturidade digital

Redacção_E&M
28/11/2022
1
2
Foto:
DR

A ausência de infra-estruturas de telecomunicações e de tecnologias de informação, segurança e plataformas robusta para aumentar a produtividade das empresas, constituem os desafios do sector.

A constatação é da Presidente do Conselho Executivo (PCE) da MSTelecom, que falava aos jornalistas à margem da Conferência de Telecomunicações e Inovações, que teve lugar recentemente, em Luanda.

À margem do evento, Felisberta de Jesus disse que a empresa nacional do sector das telecomunicações investiu cerca de 30 milhões de dólares em fibra óptica em todo o território do país, ao longo dos 23 anos de existência, preconizando aumentar a produtividade das empresas no sector de petróleo e gás.

Apoiando-se nos estudos da McKinsey, sobre a maturidade digital, a Indústria de Petróleo e Gás, a gestora disse que Angola ainda apresenta um nível de maturidade muito abaixa em relação às outras indústrias.

Disse também que actulmente as empresas do sector enfrentam “grandes desafios” como a falta de infra-estruturas de telecomunicações e tecnologias de informação, segurança da informação e a busca de soluções e plataformas que possam aumentar a produtividade das suas equipas.

De acordo com Felisberta de Jesus, a transformação digital joga um papel importante no desenvolvimento do sector de petróleo e gás, uma vez que o sector exige que se tenha tecnologias para melhorar a produtividade das empresas ao longo do tempo.

No entanto, realçou a PCE, a MSTelecom, na qualidade de novo operador de transformação digital, trás soluções e aplicações que ajudam na produtividade das empresas, bem como desenvolve aplicações a medida visando um melhor relacionamento com os seus parceiros e clientes.