3
1

Moçambicanos e Burquineses ganham formação em artes cénicas

Três moçambicanos e quatro burquineses foram selecionados para a formação técnica de profissionais na área das artes cênicas, onde farão um curso de treinamento em ofícios de iluminação, vídeo e som.

1
2

Segundo uma nota enviada a Economia&Mercado, trata-se de uma iniciativa do KINANI, enquadrada no âmbito do programa de desenvolvimento e profissionalização do meio artístico, que busca, igualmente, contribuir para a solidificação da indústria cultural e criativa em Moçambique e no continente.

O  KINANI realiza esta formação em parceria do grupo teatral “Le Grand T” e o emblemático festival de teatro do continente africano o “Récréâtrales” de Burkina Faso.

As duas organizações desenvolveram a parceria de três anos, de 2021 a 2023, para promover a profissionalização de técnicos teatrais de Burkina Faso e Moçambique, favorecendo os sectores de acompanhamento artístico de autores e companhias, Formação em áreas técnicas e Implementação territorial, mediação e inclusão social.

“Ao mesmo tempo, pretende-se, com a iniciativa, responder o desafio que os dois países enfrentam quanto à insuficiência de directores de Teatros com as competências necessárias nas áreas chaves da produção, iluminação, som e vídeo, entre outras”, lê-se no comunicado.

A formação vai ocorrer entre Nantes, Ouagadougou e Maputo. Os gestores do Grand T irão supervisionar a formação, colocando ao serviço do projecto os seus conhecimentos nas profissões técnicas de criação artística e o seu know-how em transmissão. Será dividida em 3 modelos, sendo que o primeiro entre os meses de Junho e Julho, em Nantes, depois em Outubro será em Ouagadougou, e o último em Maputo, no mês de Novembro, durante o Festival Kinani.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado