3
1

Os novos caminhos
 da produção nacional

Reforçar as Explorações Agrícolas Familiares (EAF), que respondem por mais de 85% da produção agrícola nacional, é uma das prioridades do Ministério da Agricultura e Florestas.

1
2

“Será possível desenvolver a agricultura em Angola?”, perguntou um membro da plateia na Conferência E&M “Agricultura: do passado à actualidade, principais constrangimentos e caminhos a seguir”, realizada em Abril. Jaime Pereira, administrador do Banco BIC e responsável pelo financiamento ao sector agro-industrial, respondeu em poucas palavras: “Não temos outra alternativa senão produzir localmente”, lembrando a audiência sobre os “rios de dinheiro” que o país gasta com a importação de alimentos.

Segundo o ministro de Estado do Desenvolvimento Económico e Social, Manuel Nunes Júnior, Angola desembolsou cerca de 1,5 mil milhões de dólares entre 2016 e 2017, para importação de bens da cesta básica, sendo que este montante não inclui custos de transporte e seguros.

Leia mais na edição de Maio de 2019

Economia & Mercado – Quem lê, sabe mais!

7