3
1
PATROCINADO

Pesquisadoras encerram sétima fase do Programa de Estágios em Biodiversidades

Sebastião Garricha
6/6/2024
1
2
Foto:
DR

O principal objectivo do programa passa pela capacitação teórica e prática de jovens estagiários em diversas matérias associadas à conservação e gestão da biodiversidade.

Um grupo de cinco pesquisadoras, das universidades do Namibe e Agostinho Neto (UAN), terminou recentemente a sétima fase do programa de estágio em biodiversidade para jovens pesquisadores e futuros gestores, promovido pela Fundação Kissama, com apoio do Projecto de Vida Selvagem do Okavango, da National Geographic. 

Trata-se de Luísa Muteca, da Faculdade de Ciências Naturais, Eva Ulo, da Faculdade de Engenharia e Tecnologia, e Neuma Matos, todas afectas à Universidade do Namibe, sendo que Indira Ngolambole e Zilpa Miranda estão ligadas à Faculdade de Ciências Naturais da Universidade Agostinho Neto. 

Com o objectivo de proporcionar competências teóricas e práticas aos jovens estagiários em diversas matérias associadas à conservação e gestão da biodiversidade, o programa trabalhou com vários profissionais seniores da área, facilitando a troca de ideias e partilha de conhecimento. 

Fala-se, por exemplo, da capacitação com ferramentas e metodologias para a elaboração e gestão de projectos de conservação da biodiversidade, levantamento de dados de campo e habilidades administrativas, de acordo com uma nota enviada à redacção da Economia & Mercado.

A nota refere, também, que as estagiárias do programa realizaram trabalhos de pesquisa sobre a apicultura, bem como o consumo e comércio da carne de caça, na província do Moxico, produção e venda de carvão, nas províncias de Luanda e Moxico, e identificação da malacofauna, na província do Namibe. 

O Programa é implementado pela Fundação Kissama com o apoio da Wild Bird Trust e do Projecto de Vida Selvagem do Okavango, da National Geographic, realizado de forma remota e presencial, com a duração de seis meses.