3
1

Portugal comprou 1,28% do petróleo exportado em 2020

O país comprou 1,28% do petróleo angolano, situando-se ligeiramente acima das exportações à Itália (1,27% do total) e, entre outros Países, menos que as exportações efectuadas por Espanha (2,16%).

1
2
Cláudio Gomes
Fotografia
:
DR
Cláudio Gomes

A informação consta de um relatório do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, que revela as transacções efectuadas durante o período em análise (ano passado), em que “Angola exportou um total de 446.394.014 de barris de petróleo, menos 7,26% que os barris de petróleo exportados em 2019”.

As exportações angolanas de petróleo foram, nessa fase, “avaliadas ao preço médio ponderado de 40,987 dólares por barril, que determinou receitas brutas na ordem dos 18.296,54 milhões de dólares.

Segundo a Angop, os principais destinos do petróleo angolano exportado em 2020 foram a China, com 71,07%, a Índia (5,87%) e a Tailândia (4,34%), sendo a África do Sul o único país africano que importou petróleo bruto de Angola, com um volume de importação correspondente a 1,06% do total”.

De acordo com o documento do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, os períodos do ano em que as compras chinesas atingiram níveis mais elevados foi o fecho do referido ano em avaliação, em que a China recebeu 78,32% das exportações totais de petróleo de Angola.

Com efeito, Portugal apenas registou compras no primeiro trimestre, em que foi o destino para 3,22% das exportações de petróleo de Angola, ficando neste período acima de Espanha (com 2,63%) entre Janeiro e Março.

Só voltou a importar petróleo angolano, entretanto, no terceiro trimestre (com 1,74% do total exportado nesse trimestre), quando Espanha foi destino de 2,57% das exportações angolanas.

Conduto o relatório do Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás refere que o mercado nacional não registou compras no quarto trimestre de 2020, quando Espanha recebeu 2,67% das exportações de petróleo angolanas efetuadas entre Outubro e Dezembro.

No segmento do Gás Natural Liquefeito (GNL), informa a Angop, citando dados disponibilizados pelo Ministério dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, os preços seguiram a tendência do valor do petróleo bruto no mercado internacional, refere o ministério angolano.

Durante 2020 foram exportadas por Angola cerca de 4,63 milhões de toneladas métricas (TM) de Gás Natural Liquefeito (GNL), ao preço médio de 191,16 dólares por TM.

Angola exportou, no mesmo período, 537,14 mil TM de butano ao preço médio de 251,22 dólares por TM, mais 861,53 mil TM de propano ao preço médio de 172,51 dólares por TM e ainda 299,31 mil toneladas métricas de condensados de gás ao preço médio de 237,58 dólares por TM.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado