3
1

Preços dos materiais de construção registaram um aumento no mês de Novembro

Redacção_E&M
16/12/2022
1
2
Foto:
DR

O aço, cimentos e aglomerantes foram os materiais que maior contribuíram para a variação dos preços com 0,2 pontos percentuais em cada produto, segundo o Índice de Preços de Material de Construção.

Divulgado recentemente pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o Índice de Preços de Material de Construção (IPMC) indica que os preços dos materiais de construção registaram um aumento de 0,1 ponto percentual, correspondendo a uma variação de 0,7%, em Novembro, face ao mês anterior.

Segundo o INE, o aço, o cimentos e aglomerantes, foram os que maior contribuíram para a variação dos preços com 0,2 pontos percentuais nos referidos produtos.

Por sua vez, a taxa de variação homóloga do IPMC fixou-se em 13,4%, sendo que a madeira e o contraplacado foram os que registaram maior aumento nos preços com 16,8%, cada, seguidos pelos produtos sintéticos com 16,6%, areia com 16,4%, alumino com 16,3% e outros.

De referir que o IPMC é um indicador económico que reflecte a variação dos preços dos principais materiais que intervém na actividade de construção e transformação de edifícios para qualquer fim e a promoção imobiliária, engenharia civil, trabalhos especializados de construção como demolição e preparação dos locais de construção, instalação eléctrica, acabamento de edifícios e outras obras, excluindo a promoção imobiliária, os custos da mão-de-obra e aluguer de equipamento, inerentes aos custos da construção.