3
1

Reserva Estratégica Alimentar pode ajudar a estabilizar preços

A Reserva Estratégica Alimentar pode ajudar na estabilização de preços e a garantia de fornecimento de bens da cesta básica a preços racionais e justos no mercado interno, esclareceu Amadeu Nunes.

1
2
Cláudio Gomes
Fotografia
:
DR
Cláudio Gomes

O governante fez tais declarações ontem, terça-feira, 26 de Janeiro, a margem de uma reunião da Comissão Económica do Conselho de Ministros, que aprovou um memorando que identifica as linhas estratégicas de operacionalização da Reserva Estratégica Alimentar.

Citado pelo Jornal de Angola, Amadeu Leitão Nunes disse que o governo alargou os produtos que compõe a reserva alimentar sendo que além do arroz, fuba de milho, farinha de trigo e feijão, incluiu-se também o açúcar, óleo alimentar, frango e derivados.

A título de proposta, avançou o secretário de Estado para o Comércio, apresentou-se também a inclusão da fuba de bombo e o massango, sobretudo por causa da zona Leste, que o consome bastante; peixe, principalmente o seco, e o sal. "Hoje, os produtos para a reserva alimentar passam a ter uma composição maior”, realçou.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado