3
1

SODIAM esclarece reservas nas contas de 2019

Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola (Sodiam), clarifica dúvidas que ficaram por responder ao auditor, por altura da avaliação do relatório e contas de 2019.

1
2
José Zangui
Fotografia
:
DR
José Zangui

A Sodiam clarificou em comunicado de imprensa que as reservas de auditoria reportadas no Relatório e Contas de 2019 apresentadas ao IGAPE resultam de transacções ocorridas antes da entrada em funções da actual administração.

A empresa, vem deste modo, clarificar a dúvida que a auditora, Deloitte, encontrou no relatório de 2019, que faz referência a uma diferença de 1,8 mil milhões de kwanzas além de outras questões não respondidas, na altura.

No comunicado a que a E&M teve acesso, a Sodiam EP, transformada em empresa pública em 2017, pelo Decreto Presidencial nº 153/17 de 04 de Julho, refere que manteve os registos da Sodiam, SA, nos quais se destacavam transacções realizadas ao abrigo da participação societária que incluía a Endiama (99%) e o ISEP (1%).

Explica que os relatos financeiros deveriam ter sido ajustados contabilisticamente e registados de acordo com o novo estatuto das duas empresas públicas, obedecendo à Lei das Sociedades Comerciais e à Lei de Bases do Sector Empresarial Público, uma vez que passaram a ser empresas distintas com personalidade jurídica própria e autonomia financeira.

A Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola, entregou ao IGAPE o seu Relatório e Contas auditado no passado dia 29 de Maio, dentro do prazo definido por lei, assim como ao órgão da sua tutela.

A SODIAM, E.P. – Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola é a empresa estatal responsável pelo controlo e supervisão de compra, venda e exportação/importação de diamantes em Angola.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado