3
1

Taxa de intermediação de seguros “andou aos saltos" em 2021

Redacção_E&M
1
2
Foto:
DR

Intermediação de seguros esteve sempre instável em 2021. Num ano em que sector vida cresceu, mas não rompeu a barreira dos 2% de peso na carteira.

Segundo os dados do relatório do mercado da Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros (ARSEG), referentes ao ano 2021, a taxa de intermediação de seguros caiu mais de 26% no primeiro trimestre, depois saltou e registou um crescimento de mais de 23% no segundo trimestre, dando lugar a uma queda de cerca de 37% no terceiro trimestre, para no fim, crescer 11% no quarto trimestre.

Uma taxa de crescimento da intermediação de seguros que andou aos saltos, sem nunca se ter conseguido estabilizar durante todo ano de 2021.

O relatório da ARSEG dá ainda conta da existência de 22 seguradoras, menos uma que o ano anterior, já que foi extinta, por meio da revogação da licença, a Master seguros.

Fica também evidente a estabilidade negativa ligada ao baixo peso do sector vida no mercado de seguros nacional, já que, continua a pesar menos de 3%, apesar do crescimento contínuo de 2019 a 2021, tendo passado de 2,23% em 2019, para 2,47% em 2020 e 2,82% em 2021.