3
1

Tech Trend 2021 antevê empresas mais resilientes e mais bem-adaptadas às flutuações

Nos próximos 18 a 24 meses, as empresas vão tornar-se mais resilientes, melhor adaptadas a flutuações e vão acelerar a transformação digital, revela o Tech Trend 2021, um estudo global da Deloitte.

1
2
Fotografia
:
DR

Segundo o comunicado do evento, apresentado na semana passada em Luanda, a disrupção causada pela crise pandémica COVID-19 levou a que, na generalidade, as organizações se tenham tornado mais resilientes e mais fortes, mais bem-adaptadas a flutuações e a obstáculos. De igual modo, as empresas estão a acelerar de forma determinada para a transformação digital da sua actividade.

“A capacidade de resiliência das organizações é o indicador que mais se destaca ao longo dos últimos tempos e aquele que vai prevalecer como ponto-chave para o futuro. Ao longo do último ano, verificou-se uma forte disrupção digital, assim como uma premente aposta na inovação de serviços, que serão contínuos e vão estar no topo das prioridades estratégicas das empresas. Assim, a capacidade de tomada de decisão estratégica dos órgãos competentes, vão ser cruciais para o futuro do mercado nacional” refere José António Barata, Country Manager Partner da Deloitte, citado no comunicado de imprensa.

Segundo o estudo, observou-se que as empresas aceleraram os seus investimentos de transformação digital, não apenas para tornar as operações mais ágeis e eficientes, mas também para responder às constantes flutuações da procura e responder às necessidades dos clientes.

Lê-se ainda que, para as organizações que ainda estão a avaliar as mudanças dramáticas ocorridas nos últimos tempos, esta pesquisa identifica igualmente um conjunto de oportunidades, estratégias e tecnologias que irão marcar os planos de confiança das empresas durante os próximos anos.

Em resumo, o estudo aponta o “Renascimento do Core”, que consiste em “modernizar sistemas corporativos e migrá-los para a Cloud” como uma estratégia que “pode ajudar a melhorar o potencial digital de uma organização”. A seguir, propõe as estratégias “Confiança zero: Nunca confiar, verificar sempre” e a “Reinvenção do local de trabalho digital”, que aponta como fundamentais para o processo de digitalização das empresas e reforço da segurança.

Para António Veríssimo, Partner da Deloitte, “a pandemia global teve um efeito disruptivo no nosso dia-a-dia e forçou-nos a tornarmo-nos mais adaptáveis e responsivos do que pensávamos ser possível”. Segundo o especialista, “esta realidade fez-nos sair da nossa zona de conforto, mas impulsionou mudanças importantes”, e as tendências que a Deloitte apresenta trazem uma perspectiva mais promissora para o futuro, argumentou.

Consulte aqui a 12ª edição do estudo Tech Trends 2021.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado