3
1

Tribunal de Contas desvenda gestão danosa de Paixão Júnior

O Tribunal de Contas desvendou, recentemente, a gestão ruinosa de Paixão Júnior no BPC que, entre outras irregularidades, provocou um prejuízo de 876.231.654 kwanzas.

1
2
José Zangui
Fotografia
:
DR
José Zangui

À gestão de Paixão Júnior no Banco de Poupança e Crédito (BPC) é atribuída, pelo Tribunal de Contas, a investimentos ruinosos no período de 2010 a 2016.

De acordo com o relatório de auditoria do Tribunal de Contas ao BPC, no período 2017-2018, entre os investimentos estão imóveis, terrenos e, até, prejuízos na conversão em moeda nacional de contratos celebrados em moeda estrangeira, cuja taxa de câmbio se revelou desfavorável ao BPC num período de maior pressão cambial, além de conflitos de interesse e negócios consigo mesmo.

Ao então presidente do Conselho de Administração do BPC,que liderou a gestão do banco durante 16 anos, são também atribuídos conflitos de interesse e negócios consigo mesmo na venda ao banco, que geria, de um terreno com 3.300 metros quadrados no Zango 3, no valor de 1.600.000 dólares, uma vez que era herança familiar e Paixão Júnior um dos herdeiros. O terreno foi vendido pela empresa July & Filhos, pertencente ao irmão de Paixão Júnior.

O preço de 484 dólares por metro quadrado praticado na venda do terreno era cinco vezes mais em relação à média dos terrenos no mercado.

Entretanto, não é tudo sobre a gestão maliciosa de Paixão Júnior no BPC. Conforme detalhou o Tribunal de Conta a gestão de Paixão Júnior pagou 29.297.800 dólares, no período entre Outubro de 2010 e Fevereiro de 2013, referentes à execução financeira de um contrato de empreitada de construção do Condomínio Malanje, em Luanda, com 85 residências. É-lhe atribuída, igualmente, a celebração, em 2011, de um contrato no valor de 28.094.506 de dólares, com um prazo de execução da obra de 18 meses.

Apesar de ter havido pagamento de 1.203.294 dólares acima do estabelecido no contrato, apenas estão construídas 25 residências. As obras estão paralisadas desde 2013.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado