3
1

UNITA tem novo presidente

Adalberto Costa Júnior é o novo presidente da UNITA eleito recentemente no encerramento do XIII Congresso Ordinário realizado na semana passada, em Luanda.

1
2
Redacção_E&M
Fotografia
:
DR
Redacção_E&M

O candidato número 3 no boletim de voto das eleições que marcaram o XIII Congresso Ordinário do Galo Negro, venceu na concorrência Alcides Sakala Simões, que foi o segundo mais votado.

O actual líder da UNITA, venceu em nove das dez mesas de votação disponibilizado pela Comissão Elitoral, o que vislumbra o carisma que o novo presidente da UNITA tem junto dos militantes, amigos e simpatizantes do partido, sobretudo os mais jovens.

Adalberto Costa Júnior obteve 594 votos, correspondentes a 53,4% dos votos, contra 472 votos (37,9%) de Alcides Sakala, na segunda posição, de acordo com dados disponibilizados pelo Jornal de Angola. 

Abílio Kamalata Numa obteve 68 votos, que representou apenas 6,1%, Raul Danda conseguiu 17 (1,6%) e José Pedro Kachiungo, com apenas 10 votos, um total de 0,75%, ficaram nas posições seguintes. Ainda segundo o Jornal de Angola, dos 1.150 delegados apenas 1.111 votaram.

O presidente do Congresso, Lukamba Paulo “Gato”, conferiu posse ao novo líder da UNITA. 

De 57 anos de idade, Adalberto Júnior substitui no cargo Isaías Samakuva, que dirigiu os destinos do maior partido da oposição durante 16 anos, correspondentes a quatro mandatos de quatro anos de vigência, previstos nos estatutos do partido.

Na altura da contagem dos votos, escreve Jornal de Angola, era visível a satisfação dos apoiantes de Adalberto Costa Júnior e a desilusão dos seguidores de Alcides Sakala, tido por muitos como o candidato apoiado pela maior parte dos membros da direcção cessante.

Na parte exterior do salão onde decorreu o congresso, no complexo Sovsmo, em Viana, um grupo de apoiantes do candidato vencedor gritava: “Adalberto, presidente, presidente Adalberto!”. Sons de apitos também foram ouvidos. 

Nova dinâmica

O novo presidente da UNITA prometeu imprimir uma nova dinâmica no partido, como propósito de manter a coesão, fomentar o patriotismo e servir a cidadania.

Adalberto Costa Júnior, que discursava pela primeira vez como líder da UNITA, defendeu que o partido deve ser cada vez mais presente na vida dos angolanos. “Temos de ser nós a afirmar-nos como nova esperança e com uma nova dinâmica que nos firme como o partido das transformações que o nosso povo tanto anseia”.

Adalberto Costa Júnior considerou que sem a revisão da Constituição e sem a despartidarização do aparelho do Estado, sem uma Comissão Nacional Eleitoral independente e sem uma Justiça credível, o país não terá condições para se desenvolver.

Agradeceu, na ocasião, a equipa de campanha, reconhecendo que a vitória nunca teria sido alcançada se não existissem pessoas dedicadas, que deram o seu melhor.

Felicitações de Samakuva

Isaías Samakuva, presidente cessante, felicitou Adalberto Costa Júnior pela vitória e desejou muitos êxitos ao novo presidente. Agradeceu, também, a todos que participaram na organização do congresso. Samakuva congratulou-se com o facto de que, a partir daquele momento, iria ter uma nova rotina na vida, deixando de ficar horas a fio a ler documentos e relatórios do partido. 

Garantiu que durante os últimos 16 anos deu o máximo em prol do partido. Mas, como errar é humano, aventou a hipótese de ter desagradado ou prejudicado alguém no partido.

Por isso, aproveitou para pedir desculpas. O ex-presidente da UNITA agradeceu, igualmente, os detractores, porque, frisou, de uma ou outra forma, terão contribuído para melhorar o seu desempenho. 

Samakuva pediu a Adalberto Costa Júnior que demonstre que a campanha com vista à eleição faz parte do passado e que o partido trabalhe para a vitória nas eleições autárquicas de 2020 e gerais de 2022.

Por outro lado, durante a sessão de encerramento, o secretário-geral do partido, Franco Marcolino Nhany, leu uma mensagem de exaltação para o presidente cessante. Marcolino Nhany afirmou que Isaías Samakuva contribuiu para que a UNITA fosse uma alternativa de governação em Angola. Samakuva recebeu a “Ordem Dr Jonas Malheiro Savimbi”. Distinção idêntica atribuída a Lukamba Paulo “Gato”.

João Lourenço felicita o novo líder da UNITA

O Presidente da República, João Lourenço, felicitou, horas após a divulgação dos resultados, através do Twitter, Adalberto Costa Júnior, pela sua eleição a presidente do maior partido da oposição. “Que esta eleição represente o fortalecimento da oposição, a bem da democracia”, escreveu o Chefe de Estado.

7