3
1

A tempestade que abala o príncipe herdeiro

O assassinato do jornalista Jamal Kashoggi vai intensificar, a curto prazo, a tendência de queda do investimento estrangeiro na Arábia Saudita e pressionar a concentração de poder de Mohammed Salman.

1
2
Fotografia
:
DR

Em Abril deste ano, a revista norte-americana “Time” fez capa com uma fotografia do príncipe saudita Mohammed Bin Salman. Ao lado do rosto de MBS, como é conhecido o homem que desde 2017 vem consolidando o poder naquele reino, está a pergunta da publicação: Deve o mundo comprar aquilo que o príncipe está a vender?”. A questão surgiu logo a seguir a um périplo do príncipe herdeiro pelos Estados Unidos, incluiu entrevistas e encontros com políticos e empresários de topo. MBS vendia a mensagem da abertura da economia saudita ao investimento e, por outro lado, a ideia de uma maior liberalização do regime, da qual as imagens de mulheres a conduzir nas estradas sauditas foi prova para consumo externo.

Seis meses depois, contudo, a onda mediática que MBS vinha surfando parou de repente - e já poucos, ou nenhuns, têm dúvidas sobre a resposta à pergunta da “Time”. A causa imediata: O assassinato do jornalista Jamal Kashoggi, colunista do jornal "Washington Post” e o comentador com maior influência mediática no mundo árabe.

Leia mais na edição de Dezembro de 2018

Rotas Economia & Mercado – Quem lê, sabe mais!

7