3
1

Agente da Polícia acusado de matar George Floyd pode receber pensão no valor de mais de 1 milhão de dólares

Chauvin tem sido alvo de fúria nacional desde Maio, quando surgiram imagens do mesmo ajoelhado no pescoço de Floyd por quase nove minutos, apesar de a vítima ter implorado que o agressor parasse.

1
2
Fotografia
:
DR

O ex-agente da Polícia de Minneapolis (Estados Unidos da América), Derek Chauvin, pode receber mais de 1 milhão de dólares em benefícios de pensão durante seus anos de aposentadoria, mesmo que ele seja condenado pela George Floyd, informou a CNN.

Chauvin tem sido alvo de fúria nacional desde Maio, quando surgiram imagens do mesmo ajoelhado no pescoço de Floyd por quase nove minutos, apesar de a vítima ter implorado que o agressor parasse, devido à dificuldade de respirar. Na sequência da divulgação das imagens, Derek Chauvin foi rapidamente demitido do departamento em que trabalhava desde 2001 e, em meio a protestos nacionais,  sendo formalmente acusado de assassinato em segundo grau. Três outros agentes envolvidos no incidente também foram demitidos e enfrentam acusações criminais.

Entretanto, Chauvin ainda pode beneficiar de uma pensão parcialmente financiada pelos contribuintes, informou ontem a CNN, tendo avançado que, embora várias leis estaduais permitam a perda de pensões para os funcionários condenados por crimes relacionados ao seu trabalho, esse não é o caso em Minnesota.

A Associação de Aposentadoria de Funcionários Públicos de Minnesota confirmou à CNN que Chauvin, de 44 anos, continuaria elegível para solicitar sua pensão logo aos 50 anos de idade, apesar de não fornecer detalhes sobre o montante específico que ele receberia.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado