3
1

Conteúdo Local para o sector petrolífero necessita de investimento angolano

As empresas nacionais participam com uma quota de apenas 10% de Conteúdo Local para a indústria de exploração de petróleo e gás em Angola.

1
2
Cláudio Gomes
Cláudio Gomes

Esta cifra foi registada pela última vez, segundo fontes contactadas pela E&M, em 2013 quando ainda se viviam os momentos áureos do sector.

No período de 2013 a 2014, as empresas nacionais tiveram grande participação no sector em termos de Conteúdo Local, por conta do elevado nível de facturação registado e também de know-how, o que representou cerca de 3,5 mil milhões de dólares norte-americanos de volume de negócios, informou Pedro Godinho, o CEO da Prodiaman, uma destas empresas de prestação de serviços. Entretanto, lamentou, “desde então, os projectos foram engavetados”.

O sector enfrenta, a nível nacional, vários desafios que impedem o seu crescimento e maior participação na economia, muito por conta da crise iniciada em 2014. Associada a ela está a falta de uma legislação que se ajuste aos novos contextos do mercado, questões de ordem geopolítica, técnica, bem como financeira, que contribuem para o decréscimo do Conteúdo Local em Angola, segundo fontes contactadas pela Economia & Mercado.


Leia mais na edição de Janeiro de 2019

Economia & Mercado – Quem lê, sabemais!

7