3
1

Delegação do MINSA a caminho de Benguela para avaliar surto de malária e dengue

A delegação irá avaliar o impacto real de um suposto surto com características de malária e dengue que assola centenas de famílias na província portuária de Benguela, localizada no Sul de Angola.

1
2
Fotografia
:
DR

Em comunicado, disponibilizado ontem, o Ministério da Saúde (MINSA) informa que a visita de constatação será efectivada hoje, terça-feira, 8 de Junho, e abrangerá aos municípios de Benguela, da Catumbela e do Lobito, com vista a diagnosticar a situação e implementar medidas para repor o mais rápido possível as condições de saúde das populações eventualmente afectadas.

O órgão desmentiu, entretanto, no seu comunicado, informações postas a circular nas redes sociais sobre a existência de um suposto surto que estaria a matar cerca de duas mil pessoas por dia.

O Ministério da Saúde classifica tais informações como sendo “falsas e desprovidas de fundamentos”, uma vez que a “magnitude do surto ainda não está determinada”.

“Nesse sentido chegaram notícias de um surto com estas características nas cidades de Benguela, Catumbela e Lobito cuja magnitude não está ainda determinada. Os dados disponíveis não apontam de forma alguma aos números mencionados na referida notícia”, lê-se no comunicado citado pela ANGOP e retomado pelo Guardião.

Apela, contudo, aos cidadãos, que se mantenham calmos e serenos face a informações de cariz sensacionalista e aos órgãos de comunicação social que se mantenham fiéis às suas responsabilidades éticas, deontológicas e sociais na produção de notícias.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado