3
1

Delta Q lança cápsulas de café biodegradáveis

A Delta Q anunciou, recentemente, o lançamento de cápsulas de café 100% biodegradáveis, sem plásticos, que podem estar disponíveis ao mercado já no início do segundo semestre de 2019.

1
2
Redacção
Fotografia
:
DR
Redacção

As discussões sobre a problemática do lixo plástico atrai cada vez mais a atenção da sociedade, razão pela qual a empresa de cafés (Delta Q) apresentou uma nova cápsula de café com “0% plásticos, 0% microplásticos e 0% alumínio”.

De acordo com um comunicado da Delta, a que Jornal Público teve acesso, a nova cápsula é feita à base de cana-de-açúcar, mandioca e milho, um composto chamado BioPBS e foram desenvolvidas no Centro de Inovação do Grupo Nabeiro, “em conjunto com parceiros externos e centros de investigação nacionais”.

O documento refere que a ideia de cápsulas sem plástico não é nova, mas a iniciativa é a primeira em Portugal. As cápsulas, salienta o jornal português, começam a ser utilizadas no segundo semestre de 2019,mas pelo facto de ser um produto biodegradável, terá apenas uma validade de 90 dias. Os cafés embalados nesta cápsula vão cumprir a tripla certificação de sustentabilidade (conservação da biodiversidade, agricultura sustentável e produção biológica) e as embalagens em cartão do produto vão ser amigas do ambiente — totalmente recicláveis e impressas com tintas biológicas.

Estas cápsulas de café são revestidas a açúcar e 100% comestíveis

Cada café tirado com o recurso a uma máquina de cápsulas equivale ao desperdício de uma pequena embalagem, ainda que esta possa ser reciclada. Este problema ambiental que as novas máquinas criaram perturbava o designer de Singapura Eason Chow, que decidiu idealizar uma solução. A Droops é uma máquina de café que utiliza cápsulas inteiramente consumíeis.

7