3
1

Empreendedorismo. Bago a bago enche a galinha o papo

Michel Pedro
1
2
Foto:
Carlos Aguiar

As metas traçadas em 2010 pelo Governo angolano no âmbito da implementação da cadeira de Empreendedorismo no Ensino Geral não foram alcançadas.

As metas traçadas em 2010 pelo Governo angolano no âmbito da implementação da cadeira de Empreendedorismo no Ensino Geral não foram alcançadas. No entanto, o trabalho realizado ao longo dos últimos sete anos apresenta resultados animadores, segundo fontes do Ministério da Educação. Por mais insignificantes que pareçam, a verdade é que, segundo vários empreendedores, as iniciativas, quer públicas quer privadas, se forem devidamente concertadas e integradas, são fundamentais para fazer crescer e consolidar o ecossistema do empreendedorismo no país, que ainda se encontra numa fase embrionária relativamente a países africanos, como o Quénia, a Nigéria e a África do Sul.

A implementação do Empreendedorismo como disciplina curricular no Ensino Geral em Angola previa abranger 500 mil alunos e 1.800 professores até 2012. Porém, sete anos depois, apenas 170 mil alunos, de mais de 100 municípios do país, foram contemplados por esse programa.

Em 2010, ano em que arrancou o programa, foram contempladas, numa primeira fase, 30 escolas secundárias, distribuídas por nove províncias, abrangendo 3.200 alunos e 60 professores. Entretanto, apesar de não terem sido alcançadas as metas traçadas naquele ano, outras iniciativas empreendedoras e de promoção do empreendedorismo têm surgido no país, sendo algumas delas de abrangência internacional, como é o caso da Semana Global do Empreendedorismo, que que acontece pela segunda vez, e Empreendedorismo Feminino de Angola, esta última promovida pela primeira vez pelo Clube das Empresárias.