3
1

Hospital Regional de Malanje pode ficar sem médicos

A partir de Abril deste ano, a unidade sanitária poderá ficar sem médicos especialistas, uma vez que 10 dos actuais profissionais estão em fim de contrato.

1
2
Cláudio Gomes
Fotografia
:
DR
Cláudio Gomes

De acordo com o director provincial da Saúde, Avantino Sebastião, até ao momento "não há garantias de quem de direito sobre a renovação dos contratos, tão pouco a possibilidade de envio de novos especialistas".

"Nos últimos dois anos tem reduzido o número de médicos especialistas. Eram 40 e agora só são  apenas 10. Têm deixado a província porque os contratos não têm sido  renovados”, disse Avantino Sebastião.

Caso a situação prevaleção, saleintou o responsável, dentro de dois meses “já não teremos nenhum  especialista”.

Segundo Avantino Sebastião, a situação é do conhecimento dos órgãos superiores, entretanto, estes alegam falta de condições para o enviarem novos especialistas por enquanto”.

A área de Cirurgia, conforme explicou o responsável, é uma das que mais poderá causar constrangimentos aos habitantes da província  com a iminente ausência dos especialistas, devido ao elevado número de casos de traumatismo cefálico causados por  acidentes de viação  que se registam sistematicamente na região.

"A grande preocupação prende-se com as especialidades cirúrgicas. Não temos como adaptar alguém que não é especialista da área para operar pacientes. Na maternidade a situação é muito mais crítica, porque contamos com um único especialista geneobstetra para atender mais de um milhão de habitantes”, lamentou.

Avantino Sebastião informou que 30 médicos da província estão a formar-se em várias especialidades  em Luanda, mas só  terminam em 2024. "Até lá temos de nos sujeitar com os quadros que temos”, disse.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado