3
1

Human Rights Watch denuncia massacre de 300 pessoas no Mali

Redacção_E&M
1
2
Foto:
DR

A execução terá ocorrida de forma sumária no final do mês de Março por efectivos das forças armadas malianos com o apoio de soldados estrangeiros, conforme noticiou ontem o portal MSN.

Em comunicado, a organização que defende os direitos humanos informou que a execução aconteceu na cidade de Moura, no centro do Mali. “Trata-se do prior crime cometido na ultima década no país”, lê-se numa notícia publicado referido portal.

De acordo com a Human Rights Watch (HRW), as forças armadas malianas tinha publicado informações sobre a morte de “203 combatentes” de grupos armados, que terão sido abatidos durante uma operação no centro do Mali, numa zona do Sahel, ocorrido de 23 a 31 de Março.

Segundo a HRW,  no final de Março, o exército maliano e forças estrangeiras “executaram varias centenas de pessoas que foram detidas em Moura”.

A directora da ONG para o Sahel, Corinne Dufka, sublinhou que “os abusos de grupos islâmicos armados não justificam o massacre deliberado de pessoas sob custódia pelos militares” e, por isso, “o governo do Mali deve investigar urgente e imparcialmente esses assassínios em massa, incluindo o papel de soldados estrangeiros”.