1

Namibe. Muito mais que o deserto

Ali, onde o mar e o deserto se encontram, o homem descobriu um lugar especial para viver. Tão especial que lhe chama a Terra da Felicidade.

1
2
Susana Gonçalves
Susana Gonçalves

A Natureza foi generosa com estas terras do sudoeste deAngola, compensando os rigores do deserto com baías acolhedoras e solos férteisnas margens dos rios.
Os cinco municípios da província, Namibe, Bibala, Camucuiu, Virei e Tombwa,revelam entre si uma diversidade de paisagens e encantos capazes de transformá-la num dos principais pólos turísticos do país.

Ao apelo irresistível do deserto juntam-se os oásis, o Parque do Iona, as praias desertas, hotéis com localizações inesperadas, as famosas pinturas rupestres e a exótica Welwitschia Mirabilis, flor de duas únicas folhas que só nasce nesta região e que vive uma aparente eternidade. Mas a maior surpresa do Namibe são as suas gentes.

Os Khoisan e os Vátua, estes constituídos pelos grupos dos Kwiss e dos Kwepe, terão sido os primeiros a chegar à região. Os Kwiss habitaram a faixa desértica e semidesértica do Namibe, enquanto os Kwepeocuparam as margens do rio Curoca. Inicialmente, caçadores recolectores viram o seu modo de vida profundamente alterado devido à chegada de outros povos, como os Bantu, uma comunidade que habitou quase todas as regiões de África, desde a região norte dos Camarões até ao sul de África.

Economia & Mercado - Quem lê, sabe mais!

7