1

Projectos imobiliários. Quando se paga o que não se conhece

É comum ver-se anúncios de imóveis comprados mesmo antes de serem construídos. “Vendido já 50%”, lê-se em obras de projectos ainda por concluir...

1
2
Fotografia
:
DR

É comum ver-se anúncios de imóveis comprados mesmo antes de serem construídos. “Vendido já 50%”, lê-se em obras de projectos ainda por concluir. Muitas destas publicidades de promotoras imobiliárias já deixaram várias pessoas na rua. Para alertar sobre os riscos, o jurista Lourenço Texe lembrou o badalado projecto Bem Morar, publicitado pelo rei do futebol Pelé.   

Ter casa própria num dos novos projectos imobiliários que se vêem anunciados em Luanda é um dos sonhos de Éfe Jordão, profissional na área do desporto. Em 2010, tomou conhecimento, através de publicidades e de pessoas próximas, da comercialização de moradias no condomínio aberto Jardins do Éden, localizado na comuna do Camama, em Luanda. Jordão viu aí uma oportunidade para a realização deste seu desejo.

Depois de observados os procedimentos de contrato de compra, Éfe Jordão pagou 196 mil dólares para a tão esperada aquisição da moradia. Mas, ao que parece, era apenas uma ilusão. Passados quatros anos, Jordão não conhece sequer a cor da casa que pagou com tanto entusiasmo. “Confiei tanto! Achei que eram pessoas sérias, mas até hoje não me dão a casa nem me devolvem o dinheiro. A pessoa que falou comigo foi-me aldrabando, até que há três meses resolvi contratar um advogado”, conta, defendendo que o Governo faça qualquer coisa.

 

7