3
1

Rede logística atrasa Angola no comércio continental

A falta de um mercado logístico bem estruturado é citada, pelo menos em
dois relatórios, como um dos principais empecilhos à atracção de Investimento Directo Estrangeiro (IDE).

1
2
José Zangui
José Zangui

A rede logística em Angola ainda é muito fraca, quer em termos de número de operadores, quer em termos de infra-estruturas de apoio,segundo fontes contactadas pela E&M. Angola dispõe de seis portos, porém, defendem, é necessário, no mínimo, reforçar a capacidade operacional dos mesmos.

Para Celso Rosa, presidente do Conselho de Administração do terminal portuário Unicargas, Angola está aquém da capacidade dos seus principais concorrentes da África Austral, com destaque para a África do Sul, Namíbia e Zâmbia.

O presidente da Associação Industrial de Angola, José Severino, entende que a logística nacional está mais virada para a importação e não para o produtor nacional que produz, mas não tem como escoar.

Já o empresário Carlos Cunha é de opinião que o país temalguma produção nacional, mas não dispõe de uma cadeia logística. “Este é oproblema de Angola”, referiu.

O estudo sobre Logística e Agilidade dos Mercados Emergentes, de 2016, coloca a África do Sul, Nigéria, Quénia e Gana como os mercados promissores da África Subsariana.

Leia mais na edição de Agosto de 2019

Economia & Mercado – Quem lê, sabe mais!

7