3
1

Turminha do Vinho está de volta e marca a estreia de novos membros

Redacção_E&M
1
2
Foto:
Cedida pela fonte

Essa iniciativa visa dotar “cada vez mais estas personalidades de conhecimentos chave para posteriormente produzirem e estarem mais preparadas para o seu dia a dia", refere uma nota.

Depois de terem passado com mérito a primeira fase do curso de iniciação ao vinho, os embaixadores e embaixadores digitais do Mateus Rosé, Gazela, Herdade do Peso e Casa Ferreirinha, vão entrar agora para o novo “ano lectivo” com a oportunidade de aprender as melhores combinações entre comida e vinho, criando assim uma harmonização perfeito para cada um deles.

De acordo com uma nota enviada à Economia & Mercado, juntam-se à “escolinha do vinho” para o “ano lectivo” corrente Neurite Mendes e o Chef Ricardo Helton. Esse último trará consigo os ingredientes para a segunda temporada e trabalhará juntamente com outros membros da “Turminha do Vinho”.

Assente na criação de conteúdos apelativos e educação vínica e gastronómica, de forma a influenciar um universo de seguidores cada vez mais digitais, a estratégia da Vinus Angola, distribuidora dos vinhos da Sogrape no país, passa cada vez mais na formação, dando a conhecer o diversificado portefólio de vinhos e marcas que representa, reforçando, assim, o seu posicionamento no mercado nacional.

Este investimento num plano de formação profundo e abrangente, visa dotar “cada vez mais estas personalidades de conhecimentos chave para posteriormente produzirem e estarem mais preparadas para o seu dia a dia, e poderem ajudar outros amantes nas temáticas vínicas, sem descurar da consciencialização para um consumo moderado e responsável de vinho”, lê-se na nota.

Fundada em 1942 por Fernando Van Zeller Guedes, a Sogrape nasceu para mostrar ao mundo a qualidade dos vinhos portugueses. De uma adega na região do Douro focada na produção de Mateus Rosé, esta empresa familiar tornou-se global, com presença em mais de 120 mercados, detendo hoje cerca de 1.600 hectares de vinha distribuídos por Portugal, Espanha, Chile, Argentina e Nova Zelândia.

Parte integrante desse Grupo português, a Vinus foi fundada em 2006 com a missão de desenvolver marcas reconhecidas no mercado angolano e estabelecer-se como uma referência no setor pela solidez dos seus serviços e relevância da sua oferta, sempre assegurando um serviço de excelência aos seus clientes e fornecedores, oferecendo um portefólio de qualidade marcado pela diversidade de origens.

A Sogrape nasceu para mostrar ao mundo a qualidade dos vinhos portugueses. De uma adega na região do Douro focada na produção de Mateus Rosé, esta empresa familiar tornou-se global.