3
1

Vanessa Simões sai da BODIVA para PCA da Comissão do Mercado de Capitais (CMC)

Domingos Amaro
1
2
Foto:
DR

Ocupava a posição de Administradora Executiva e Membro do Conselho de Administração da BODIVA, sendo responsável pelas áreas do domínio da organização interna.

Andreia Vanessa Sousa Simões, ex-Administradora Executiva da BODIVA, é a nova Presidente do Conselho de Administração da Comissão do Mercado de Capitais (CMC), nomeada, hoje, pelo Presidente da República, em decreto assinado.

Vanessa Simões sucede agora Maria da Conceição Uini Baptista, que esteve, até então, no cargo de Chairwoman da CMC durante dois anos. Com a cessante, foram também exonerados do cargo de Administradores Executivos da  CMC António José da Silva, Edna Augusta dos Santos Mascarenhas e Nádia Kelly Pinheiro Pinto.

Noutro decreto que nomeia a nova PCA, foram indicados para  Administração Executiva Sydney Júlio Pereira Teixeira, Ludmila Isménia Cardoso dos Santos Dange e renomeadas Edna Augusta dos Santos Mascarenhas e Nádia Kelly Pinheiro Pinto para os cargos anteriores.

Vanessa Simões, de nacionalidade Angolana, licenciou-se em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Portugal, em 2009, tendo concluído o Mestrado em Ciências Jurídico Forenses, na vertente de Direito Civil/Penal, pela Universidade Católica de Lisboa, Portugal em 2012.

Iniciou o seu percurso profissional no ramo da Advocacia em 2012, tendo exercido a função de consultora em diversos ramos jurídicos, o que possibilitou que arrecadasse uma vasta experiência, em processos de mediação, contencioso bancário e consultoria jurídica de investimento.

Em 2015 ingressou para os quadros da BODIVA, aonde exerceu as funções de Coordenação do Gabinete da Comissão Executiva, Coordenação do Departamento Jurídico e Regulatório e Coordenação do Gabinete de Compliance e Gestão de Risco.

Até então, ocupava a posição de Administradora Executiva e Membro do Conselho de Administração da BODIVA, sendo responsável pelas áreas do domínio da organização interna, nomeadamente o Departamento Jurídico e Regulatório (DJUR) e o Departamento Administrativo e Recursos Humanos (DARH).