Edição #
132
September
de
2015

Em busca do equilíbrio concorrencial

O sector das telecomunicações em Angola é hoje dominado por um único grupo empresarial, mas especialistas defendem a fusão de empresas para que se constituam mais grupos com o mesmo músculo financeiro e que confiram mais concorrência ao mercado. Para tal, são necessárias mais infra-estruturas de apoio à actividade das empresas que, até aqui, têm investido recursos próprios nesta área, o que também encarece o seu custo de produção. Entretanto, e considerando o papel fulcral das telecomunicações na economia dos países, o Governo está a executar vários projectos, como é o caso do satélite angolano, cujo lançamento está marcado para 2017, com o qual o país pretende tornar-se uma potência em África no domínio das telecomunicações.

1