Edição #
165
June
de
2018

Rios de dinheiro atirados para um saco sem fundo

Em 2016, o investigador Soren Kirk Jensen, do instituto inglês de estudos Chatham House, estimava que cada quilómetro de estradas em Angola custava às autoridades 2,1 milhões de dólares norte-americanos, somados a 2,8 mil milhões de dólares anuais, no período de 2005 a 2009, e sem contar com as linhas de crédito. Passados menos de 15 anos, as condições das estradas evidenciam que rios de dinheiro público foram atirados para um saco sem fundo.

1