3
1

“A liderança envolve responsabilidade colectiva”

Severiano Kapose é um jovem executivo angolano à frente do projecto Agro-industrial ESOPAK, no sul de Angola. Começou por vender bebidas e, a seguir, investiu em serviços gráficos, criando a Markelub.

1
2
Fotografia
:
DR

Qual é o segredo para ser um bom gestor?

A paz de espírito. E para ser um gestor precisamos de ser líderes e humanizar a gestão. A liderança envolve responsabilidade colectiva, pois nenhum líder lidera sozinho. Para isso, é preciso entendermos que o líder, não importa quão bom ele seja, deve estar alinhado com a equipa para o sucesso.

Que desafios o contexto macroeconómico de Angola representa para si enquanto gestor?

Angola tem vivido um momento de crise cambial, financeira e económica, o que torna mais difícil empreender. O maior desafio que tenho enfrentado é do acesso às divisas, para importar as maquinarias para o processo de automação industrial. As taxas de juros para o acesso ao crédito ainda são muito altas e pouco atractivas. A qualidade dos insumos no sector produtivo é outro grande problema, sendo que muitas vezes importa-se fertilizantes que não obedecem aos padrões dos nossos solos. E ainda temos o custo do combustível, que é outra situação crítica no sector. Enquanto não tivermos o acesso à energia eléctrica, os produtos vão continuar a chegar ligeiramente caros ao consumidor final. Contudo, admitimos que quando este quadro se alterar será diferente. O importante é não parar, temos de produzir.

Não havendo ainda uma previsão de cura para a Covid-19, as economias têm estado a reabrir. Qual é a sua expectativa em relação ao momento actual e ao futuro?

Tem sido difícil e a incerteza não permite tomadas de decisões a longo prazo, o que nos deixa muito condicionados e, em alguns casos, a acumular perdas ou resultados negativos, pelo que o período pós Covid será duro para a nossa realidade económica. Mas vejo também oportunidade….

Frase de gestão

Por muito importante que seja a nossa vida profissional, não permitamos que ela seja mais importante que a nossa vida familiar.

Perfil

Severiano Kapose é um jovem executivo angolano à frente do projecto Agro-industrial ESOPAK, no sul de Angola. Começou por vender bebidas e, a seguir, investiu em serviços gráficos, criando a Markelub. Actualmente administra um conglomerado empresarial com mais de 700 funcionários. É formado em Administração Empresarial e Marketing com foco para o desenvolvimento de negócios pela Canadian University of Dubai, especializado em programas de negociação da Harvard Law School, e em avaliação de empresas e negócios pela multinacional Deloitte.

“Leadership involves collective responsibility”

What is the secret to being a good manager?

Peace of mind. And to be a manager we need to be leaders and to humanize the management. Leadership involves collective responsibility, because no leader leads alone. For that, we must understand that the leader, no matter how good he or she is, must be aligned with the team for success.

What challenges does Angola’s macroeconomic context pose for you as a manager?

Angola has been going through a time of forex, financial and economic crisis, making entrepreneuring even more difficult. The biggest challenge I have faced is access to foreign currency to import machinery for the industrial automation process. The lending interest rates are still very high and unattractive. The quality of inputs in the productive sector is another major problem; quite often, the imported fertilizers do not meet the standards of our soils. And we still have the cost of fuel, which is another critical situation in the sector. Until we have access to electricity, our products will continue to reach the final consumer at a slightly expensive price. However, we admit that when this scenario changes it will be different. The important thing is not to stop, we have to produce.

As there is still no forecast for a cure for Covid-19, economies have been reopening. What’s your expectation for the current moment and the future?

It has been difficult and the uncertainty does not allow long term decisions, leaving us very conditioned and, in some cases, accumulating losses or negative results. So, post-Covid will be hard on our economic reality. But I also see opportunity…

Management saying

As important as your professional life is, you should not allow it to become more important than your family life.

Profile

Severiano Kapose is a young Angolan executive at the head of the ESOPAK Agro-industrial project in southern Angola. He began by selling drinks, then invested in graphic production services, creating Markelub. He currently manages a business conglomerate with over 700 employees. He has a degree in Business Administration and Marketing focused on business development from the Canadian University Dubai, took the program on negotiation at Harvard Law School, and is trained in business and company assessment by the Deloitte Academy.

7
Assine a Revista Digital - Economia & MercadoAssine a Revista Digital - Economia & Mercado