1

Financiamentos externos suportam projectos agrícolas


Angola tinha à disposição, no de 2017, cerca de 5 mil milhões USD em linhas de financiamento externas, ainda por usar, de acordo com cálculos da agência portuguesa de notícias Lusa,

1
2
Michel Pedro
Fotografia
:
Carlos Aguiar
Michel Pedro

Entre a lista dos financiamentos aprovados e que Angola não usou – ou cujos credores não aprovaram projectos para a sua aplicação – encontra-se parte da linha de 1.500 milhões de USD concedida, em Outubro de 2014, pelos russos do VTB Capital. Trata-se de um financiamento a sete anos, para projectos e obras públicas, mas que tinha metade do montante total à disponibilidade das autoridades de Angola, dependendo do “critério do credor” para a sua utilização.

O Governo angolano anunciou anteriormente a intenção de utilizar ossaldos das linhas de crédito existentes para financiar projectos privados comalta rentabilidade” e “que promovem a diversificação da produção e dasexportações”, noticiou ainda a agência Lusa.

Leia mais na edição de Outubro de 2018.

Economia & Mercado - Quem lê, sabe mais!

7