1

Perspectivas para 2019, depois de mais um ano de recessão

O ano de 2018 será lembrado, sobretudo, como o ano da consolidação da transição política em Angola.

1
2
Nelson Eduardo
Nelson Eduardo

A realização do histórico Congresso Extraordinário do MPLA, no emblemático mês
 de Setembro, concretizou a tão esperada e aclamada transição total do poder político, fundamental para uma efectiva governação da administração do Presidente João Lourenço.

Esta transição permitiu colocar um ponto final na sufocante e preocupante “bicefalia política”, pois aquela situação implicitamente servia como uma condicionante à efectiva implementação de importantes reformas políticas e económicas.

Entretanto, os ganhos no plano político não tiveram paralelo nos planos económico e social, como seria desejável para a maioria da população, apesar de se reconhecer que houve melhorias significativas em algumas variáveis macroeconómicas. É facilmente visível a degradação das condições sociais do país, sobretudo através do aumento do desemprego, da pobreza e da fome.

A recuperação da actividade económica foi adiada, mais uma vez. Pelo terceiro ano consecutivo, Angola encontra-se em recessão económica. O Relatório de Fundamentação do Orçamento Geral do Estado para o ano de 2019 (OGE 2019) aponta para uma recessão da economia angolana de aproximadamente -1,1% em 2018.

Leia mais na edição de Dezembro de 2018

Economia & Mercado – Quem lê sabe mais!

7